Pasta de espinafre, masala e iogurte / Spinach, masala and yogurt dip

* Scroll down for the English version!

Desde que saí de casa e comecei a fazer minhas próprias festinhas, aprendi o valor de um patê ou pasta bem gostosa para ser servida como acompanhamento. Não é sempre que eu tenho vontade de passar horas na cozinha e é sempre bom ter uma receita deliciosa e fácil como alternativa. Além de satisfazer a fome e desejo dos amigos, posso curtir a festa sem me preocupar :-)

Essa pasta de espinafre é absolutamente incrível, exótica e viciante. A Mandy do Lady and Pups é a pessoa genial que transformou um creme de espinafre sem graça em um banquete de sabores. Eu mudei um pouco a combinação, porque não tinha todos os ingredientes. Mas ela continuou deliciosa!

A receita usa iogurte grego sem sabor. Eu sei que devo essa receita há tempos, me perdoem! Vou me organizar para fazer o post assim que possível, ok?

Ingredientes:

  • 1 maço de espinafre
  • 1 colher de sobremesa de óleo
  • ½ xícara de passas
  • 3 colheres de sopa de manteiga
  • 1 cebola grande picada em cubinhos
  • 1 dente de alho amassado
  • 2 colheres de sopa de farinha de trigo
  • 1 ½ colher de chá de garam masala
  • 1 colher de chá de cominho em pó
  • 1 xícara de leite
  • ½ xícara de iogurte grego natural
  • Sal a gosto
  • Pimenta do reino a gosto
  • Pimenta calabresa

Deixe as passas em água quente por alguns minutos até incharem.

Separe e lave as folhas do espinafre (é melhor não usar os talos nessa receita. Caso queira utilizá-los depois, sugiro refogar e servir com arroz. Fica uma delícia!). Corte-as bem finas e leve-as à frigideira com o óleo e alho. Cozinhe rapidamente, até ficarem tenras. Deixe esfriar por alguns minutos e retire todo o líquido, apertando bem com as mãos (essa água também pode ser usada em outra receita).

A base da pasta é molho branco. Para fazê-lo, aqueça duas colheres de manteiga em uma panela até começar a borbulhar. Adicione a cebola e cozinhe até começar a dourar. Acrescente a farinha e mexa bem. Com o fogo baixo, vá adicionando o leite bem aos poucos, mexendo sempre. Isso é importante para evitar caroços. Assim que a mistura atingir a textura desejada, junte o sal, a pimenta, a garam masala e o cominho.

Remova as passas da água e adicione-as ao molho, junto com o espinafre. Confira o tempero e cozinhe mais até reduzir um pouco, caso a consistência esteja um tanto líquida.

Acrescente o iogurte grego e misture bem. Não deixe a pasta ferver depois de adicioná-lo. Misture a última colher de manteiga, polvilhe cominho e pimenta calabresa por cima. Sirva essa maravilha morna, com pães.

Essa receita serve 4 a 6 pessoas.

Since I left my family’s home and started making my own parties, I learned the value of a good dip or spread to be served as a side dish. Since I don’t always feel like spending hours in the kitchen, it’s a good idea to have a delicious and easy recipe to turn to. Besides satisfying my friends’ hunger, it leaves me free to enjoy the party :-)

This spinach dip is absolutely incredible, exotic and addictive. Mandy from Lady and Pups is the genius who turned old boring creamed spinach into a feast of flavor. I changed the combinations a bit, because I didn’t have all the ingredients. But it was still delicious!

The recipe uses Greek yogurt. I know I’ve promised you this recipe ages ago, so forgive me! I’ll make sure to organize myself to make the post as soon as possible, ok?

Ingredients:

  • 1 bunch of spinach (about 500g)
  • ½ tablespoon of oil
  • ½ cup of raisins
  • 3 tablespoons of butter
  • 1 large onion – diced
  • 1 garlic clove – smashed
  • 2 tablespoons of flour
  • 1 ½ teaspoon of garam masala
  • 1 teaspoon of ground cumin
  • 1 cup of milk
  • ½ cup of Greek yogurt
  • Salt to taste
  • Ground black pepper to taste
  • Chili flakes

Leave the raisins in hot water for a few minutes until they increase in volume a bit.

Separate and wash the spinach leaves (I wouldn’t use the stalks in this recipe. In case you want to use them later, I suggest stir-frying and serving them with rice. It’s great!). Cut the leaves finely and take them to a frying pan with the oil and garlic. Cook for a few minutes, until tender. Let them cool for a bit and remove all the liquid, squeezing with your hands (this water can also be used in another recipe).

The base of the dip is béchamel sauce. To make the sauce, heat up two tablespoons of butter in a pan, until bubbly. Add the onion and cook until it starts turning golden. Add the flour and mix well. At low heat, add the milk little by little, stirring non-stop. This is important to avoid lumpy sauce. As soon as the mixture reaches the desired texture, add the salt, pepper, garam masala e cumin.

Remove the raisins from the water and add them to the sauce, along with the spinach. Check the seasoning and cook until it reduces a little, in case the consistency is a bit too runny.

Add the Greek yogurt and mix well. Don’t let the mixture boil after you add it. Mix in the last tablespoon of butter, sprinkle some ground cumin and chili flakes on top. Serve warm, with bread.

This recipe serves 4 to 6 people.

Anúncios

Baba ghanoush

* Scroll down for the English version!

Baba ghanoush é um dos meus patês favoritos. Amo tudo que é defumado, o que me deixa mais apaixonada por esse prato. A berinjela deve ser grelhada ou assada até quase queimar, o deixa um sabor delicioso! O tahine ajuda a deixar a mistura mais cremosa e o limão e o alho fortalecem o sabor. Só não recomendo comer muito dela antes de um encontro romântico, a não ser que o/a respectivo/a goste muito de alho ;-)

O tahine é uma pasta de gergelim maravilhosa, que pode ser encontrada em alguns supermercados e em lojas especializadas de comida árabe.

Ingredientes:

  • 4 berinjelas
  • 4 dentes de alho
  • Suco de 1 ½ limão
  • 3 ½ colheres de sopa de tahine
  • Sal a gosto (aproximadamente 2 colheres de chá)

Lave as berinjelas e faça furinhos na pele. Leve-as direto ao fogo (na boca do fogão mesmo) ou ao forno forte (usei o meu em 255°C) até que elas fiquem bem murchas e quase queimadas. Tentei usar o forno mais fraco, mas acabei aumentando, então demorou uma hora. Direto no fogo com certeza é mais rápido, mas faz mais bagunça ;-)

Retire a polpa da berinjela com cuidado para não se queimar. Use uma colher e raspe bem, descartando a casca. Amasse com um garfo, deixando-a mais homogênea.

Adicione os outros ingredientes e confira o tempero.

Eu servi com pimenta dedo-de-moça picadinha, de sabor bem suave. E enfeitei com um fio de azeite. Fica ótimo com pão árabe. Fiz chips de tortilha, partindo em pedacinhos e levando ao forno até ficar crocante. Uma delícia!

Essa receita serve umas 6 pessoas como entrada ou lanche.

Baba ghanoush is one of my favorite spreads. I love everything that is smoked, which makes me even more delighted with this dish. The eggplant should be grilled or baked until almost burnt, which brings out a delicious smoky flavor! The tahini makes the mixture a lot creamier and the garlic and lime strengthen the taste. I just don’t recommend eating too much of it before a romantic date, unless your partner really loves garlic ;-)
Tahini is a delicious sesame paste, which can be found at some supermarkets or at specialized Middle Eastern stores.
Ingredients:
  • 4 eggplants
  • 4 cloves of garlic
  • Juice of 1 ½ limes
  • 3 ½ tablespoons of tahini
  • Salt to taste (about 2 teaspoons)
Wash the eggplants and make holes in the skin. Take them straight to the fire or use the oven at a high temperature (I used mine at about 255°C) until they shrivel up and almost burn. I tried using the oven at a lower temperature, but it took so long (about one hour) that I ended up taking it up a notch. Charring them in the stove top must sure be quicker, but also messier ;-)
Remove the pulp of the eggplant, being careful not to burn yourself! Use a spoon and scrape well, discarding the peel. Smash everything with a fork, making it smoother.
Add the other ingredients and check the seasoning.
I served it with chopped chili, a mild, almost sweet one. And I decorated it with a drizzle of olive oil. It tastes great with pita bread. I made tortilla chips, cutting them into pieces and baking them in the oven until crispy. Delicious!
This recipe serves about 6 people as an appetizer.

Tira-gosto de massa folhada / Puff pastry appetizer

* Scroll down for the English version!

Sempre travo na hora de pensar em um aperitivo bacana para festas ou alguma coisa gostosa e bem fácil de fazer para um dia de preguiça. Até que descobri os tira-gostos de massa folhada. Nas minhas pesquisas, vi várias tortinhas, rolinhos e croissants legais. O bacana é que é tão fácil quanto fazer uma pizza de massa pronta! Só brincar de escolher os ingredientes e montar, igual lego! :-D Porque, vamos combinar, ninguém faz massa folhada em casa. Já vi o meu irmão (que é cozinheiro profissional) fazendo e digo que amadores não mexem com isso. Pelo menos, eu não! Rs

Enfim, a idéia básica é ter um molho forte na base e cobrir com o que quiser. Fiz duas versões mais tradicionais usando um molho de manjericão na base e como toppings, tomate seco e muçarela em alguns e azeitona e muçarela em outros. Ficaria bom com pesto também, mas como eu usei um aioli, vou postar a receita que eu fiz. Dia desses, eu posto uma receita bacana de molho pesto.

Fiz um terceiro tipo de “gente grande”, que normalmente não agrada crianças ou pessoas que não gostam de misturar comida doce e salgada. Usei pedaços de brie e damasco.

Cortei os queijos em fatias e os tomates, azeitonas e damascos em cubinhos pequenos. Vou colocar a receita para o de tomate seco, que é o meu favorito. As instruções e quantidades são iguais para o resto (exceto o de brie e damasco, que não leva o molho na base!).

Ingredientes para o aioli:

  • ½ pote de cream cheese (aproximadamente 100g. O tradicional é usar maionese, mas eu acho que fica mais gostoso assim)
  • 1 dente de alho
  • 1 pitada de sal
  • Suco de ½ limão
  • 1 raminho de manjericão

Só bater tudo no liquidificador e conferir o tempero.

Ingredientes para o aperitivo:

  • 1 rolo de massa folhada (usei uma que vem em rolo, tem uns 300g)
  • 1 pote de tomate seco picado (aproximadamente 150g)
  • 150g muçarela cortada em fatias
  • Molho pesto ou aioli

Aqueça o forno a 200°C.

Abra a massa e corte fatias pequenas. Como servi de aperitivo, fiz bem pequeno, cada pedaço com uns 5cm de cada lado.

Espalhe os quadrados em uma forma untada ou em uma antiaderente.

Cubra cada pedaço com uma colher de chá de molho. Leve ao forno por 10’, até que a massa comece a inchar.

Retire rapidamente e monte os quadrados, colocando uma fatia de muçarela e pedacinhos de tomate seco. Cuidado para não se queimar!

Volte a forma ao forno por mais 10’ até que a massa esteja dourada e o queijo, derretido.

Sirva quente :-)

Essa receita serve 5 pessoas (como aperitivo).

I always have a blank when I stop to think about a nice appetizer for parties or just something delicious and easy to make on a lazy day. Until I discovered the puff pastry snacks. During my research, I found several awesome tarts, rolls and croissants. The cool thing is that it’s as easy as assembling the toppings on top of a ready-made pizza pie! It’s all about choosing ingredients and putting it together, like lego! :-D ‘Cause, come on, let’s face it, nobody makes puff pastry at home. I’ve seen my brother (who is a professional cook) make it and I tell you that amateurs don’t mess with that. At least I don’t! lol
Anyway, the idea is having a strong sauce for the base and covering with whatever you want. I made two somewhat traditional versions using a basil sauce for the base and as toppings, sundried tomatoes and mozzarella for some and olives and mozzarella for others. It would also taste awesome with pesto, but since I used a aioli, I’ll post the recipe for it. One of these days I’ll post a nice recipe for pesto sauce.
I made a third kind that I’ll call “for grown ups”, because it doesn’t usually please children or people who don’t like mixing savory and sweet in their food. I used brie and apricot.
I sliced the cheese and cut the tomatoes, olives and apricots into little cubes. I’ll post the recipe for the sundried tomato one, which is my favorite. The instructions and amounts are the same for the others (except the brie and apricot, which doesn’t take the basil sauce!).
Ingredients for the aioli:
  • 100g cream cheese (using mayo is more traditional, but I like it better like this)
  • 1 clove garlic
  • 1 pinch salt
  • Juice of 1lime
  • 1 spring basil
Blitz all of it together and check the seasoning. All done!
Ingredients for the appetizer:
  • 300g puff pastry
  • 150g sundried tomatoes (chopped)
  • 150g mozzarella (sliced)
  • Pesto sauce or aioli
Preheat the oven to 200°C.
Unroll the pastry and cut small squares. Since I served it as an appetizer, I made them small, with about 5cm on each side.
Spread the squares on a greased tray or a nonstick one.
Put a teaspoon of sauce in each and spread. Take it to the oven for 10’, until the pastry starts to puff.
Remove the tray quickly and add the other ingredients, arranging a slice of cheese and pieces of sundried tomatoes. Careful not to burn yourself!
Put the tray back into the oven and let it bake for 10’ more until the squared look golden and the cheese has melted.
Serve warm :-)
This recipe serves about 5 people (as an appetizer).