Baba ghanoush

* Scroll down for the English version!

Baba ghanoush é um dos meus patês favoritos. Amo tudo que é defumado, o que me deixa mais apaixonada por esse prato. A berinjela deve ser grelhada ou assada até quase queimar, o deixa um sabor delicioso! O tahine ajuda a deixar a mistura mais cremosa e o limão e o alho fortalecem o sabor. Só não recomendo comer muito dela antes de um encontro romântico, a não ser que o/a respectivo/a goste muito de alho ;-)

O tahine é uma pasta de gergelim maravilhosa, que pode ser encontrada em alguns supermercados e em lojas especializadas de comida árabe.

Ingredientes:

  • 4 berinjelas
  • 4 dentes de alho
  • Suco de 1 ½ limão
  • 3 ½ colheres de sopa de tahine
  • Sal a gosto (aproximadamente 2 colheres de chá)

Lave as berinjelas e faça furinhos na pele. Leve-as direto ao fogo (na boca do fogão mesmo) ou ao forno forte (usei o meu em 255°C) até que elas fiquem bem murchas e quase queimadas. Tentei usar o forno mais fraco, mas acabei aumentando, então demorou uma hora. Direto no fogo com certeza é mais rápido, mas faz mais bagunça ;-)

Retire a polpa da berinjela com cuidado para não se queimar. Use uma colher e raspe bem, descartando a casca. Amasse com um garfo, deixando-a mais homogênea.

Adicione os outros ingredientes e confira o tempero.

Eu servi com pimenta dedo-de-moça picadinha, de sabor bem suave. E enfeitei com um fio de azeite. Fica ótimo com pão árabe. Fiz chips de tortilha, partindo em pedacinhos e levando ao forno até ficar crocante. Uma delícia!

Essa receita serve umas 6 pessoas como entrada ou lanche.

Baba ghanoush is one of my favorite spreads. I love everything that is smoked, which makes me even more delighted with this dish. The eggplant should be grilled or baked until almost burnt, which brings out a delicious smoky flavor! The tahini makes the mixture a lot creamier and the garlic and lime strengthen the taste. I just don’t recommend eating too much of it before a romantic date, unless your partner really loves garlic ;-)
Tahini is a delicious sesame paste, which can be found at some supermarkets or at specialized Middle Eastern stores.
Ingredients:
  • 4 eggplants
  • 4 cloves of garlic
  • Juice of 1 ½ limes
  • 3 ½ tablespoons of tahini
  • Salt to taste (about 2 teaspoons)
Wash the eggplants and make holes in the skin. Take them straight to the fire or use the oven at a high temperature (I used mine at about 255°C) until they shrivel up and almost burn. I tried using the oven at a lower temperature, but it took so long (about one hour) that I ended up taking it up a notch. Charring them in the stove top must sure be quicker, but also messier ;-)
Remove the pulp of the eggplant, being careful not to burn yourself! Use a spoon and scrape well, discarding the peel. Smash everything with a fork, making it smoother.
Add the other ingredients and check the seasoning.
I served it with chopped chili, a mild, almost sweet one. And I decorated it with a drizzle of olive oil. It tastes great with pita bread. I made tortilla chips, cutting them into pieces and baking them in the oven until crispy. Delicious!
This recipe serves about 6 people as an appetizer.
Anúncios

Rollatini de berinjela / Eggplant rollatini

* Scroll down for the English version!

A primeira vez que eu li sobre rollatinis foi no jornal Metro (nos bons tempos em que ele ainda trazia receitas). Gostei demais da idéia. Já fiz rolinhos de abobrinha crualasanha de abobrinha, lasanha de berinjela, mas o rolinho de berinjela, eu nunca tinha tentado. Como as outras milhares de receitas que eu curto, entrou para a lista. E finalmente chegou a sua vez :-D

O rollatini é muito parecido com a lasanha de berinjela, variando mais na apresentação. Por isso mudei um pouco o recheio, que ficou ainda mais gostoso. E inaugurei a minha panela de ferro linda!

Esse prato é bem clássico, então usei a receita da Martha Stewart – quer fonte mais tradicional? – e fiz algumas alterações.

Ingredientes:

  • 2 berinjelas
  • 1 bandeja (200g) de muçarela fatiada
  • 2 colheres de sopa de parmesão ralado
  • 2 colheres de sopa de castanha de caju torrada e picada
  • 2 xícaras de molho de tomate
  • 5 tomates secos picados
  • ½ ricota (250g)
  • 1 clara de ovo
  • Alho amassado com sal

Corte as fatias de berinjela com um pouco menos de 1cm de largura. Caso prefira, descasque a berinjela antes de fatiar (é o que a Martha faz). Eu gosto muito da casca e achei melhor usá-la. O problema são as fatias do início e do fim, que são pura casca. Deixei essas reservadas e usei para outro prato.

Espalhe um pouco de alho e sal em cada fatia e coloque-as em uma frigideira de cada lado até dourar um pouco. Não usei óleo, já que a minha frigideira linda é antiaderente. Fique à vontade para usar. A Martha sugere como alternativa levar as fatias ao forno, passando azeite em cada uma e deixando assar por 20’ a 200°C (virando as fatias depois de 10’).

Esfarele a ricota e misture com o queijo parmesão, duas fatias de muçarela, a clara de ovo, as castanhas, o tomate seco e uma pitada de alho com sal.

Comece a enrolar as berinjelas (certifique-se de que estão frias!). Coloque aproximadamente 2 colheres de sopa da mistura de ricota em cada fatia. Espalhe do início ao fim e enrole com cuidado. A berinjela fica bem mais flexível depois de cozida, o que facilita muito o processo.

Escolha um pirex, tabuleiro (ou no meu caso, uma panela de ferro linda!) para levar ao forno. Cubra o fundo com molho de tomate. Espalhe os rolinhos por cima. Coloque mais molho de tomate nas berinjelas e cubra com fatias de muçarela.

Leve ao forno a 200°C por 20’ ou até o queijo estar derretido e o molho, borbulhante. Coisa linda!

Essa receita serve 4 pessoas.

Todas as fotos do preparo do prato foram tiradas pelo Luiz (o namorido). Valeu, gatinho!

The first time I read about rollatinis was in a local newspaper. I liked the Idea a lot! I hade made raw zucchini rolls, zucchini lasagna, eggplant lasagna, but never a eggplant roll. As the other thousands of recipes that I enjoy, find and keep, this one went to my list. And its time has finally arrived! :-D
Rollatini is a lot like an eggplant lasagna, but with a different presentation. This is why I changed the stuffing a bit and it tasted even better! And I got to use my beautiful iron skillet for the first time!
This is a classic dish, so I used Martha Stewart’s recipe – do you know a more traditional source? – and made some changes.
Ingredients:
  • 2 eggplants
  • 200g of sliced mozzarella
  • 2 tablespoons of shredded parmesan cheese
  • 2 tablespoons of toasted and chopped cashew nuts
  • 2 cups of tomato sauce
  • 5 sundried tomatoes – chopped
  • 250g ricotta cheese
  • 1 egg white
  • 2 cloves of garlic smashed with salt
Cut the eggplant in slices of less than 1cm (¼ inch). You can peel the eggplant before, if you like (Martha does it). I like the peel on mine, so I didn’t. The only problem with leaving it on is that the first and last slices are basically peel. So I reserved them and used for something else.
Spread some garlic and salt on each slice and place them on a frying pan until golden on both sides. I didn’t use oil, because my frying pan doesn’t stick. But feel free to use some. Martha suggests taking them to the oven as an alternative. Put some olive oil on each slice and let them bake for 20’ at 200°C (turning them over after 10’).
Break the ricotta cheese apart and mix it with the parmesan, two slices of mozzarella, the egg white, the cashew nuts, the sundried tomato and a pinch of salt and garlic.
Start rolling the eggplants (make sure they’re cold!). Put approximately 2 tablespoons of the ricotta mixture on each slice. Spread it all the way and roll it carefully. The eggplants get much more flexible after being cooked, which makes the process much easier.
Choose a tray or pan (or in my case, my beautiful new iron skillet!) to take to the oven. Cover the bottom with tomato sauce. Spread the rolls on top. Put some more sauce on the eggplants and cover with mozzarella slices.
Take it to the oven and bake at 200°C for 20’ or until the cheese has melted and the sauce is bubbling. What a sight!
This recipe serves 4 people.
All the pictures of the making of the dish were taken by Luiz (The Boyfriend). Thanks, hon!

Caponata de berinjela / Eggplant caponata

*Scroll down for the English version!

Berinjelas costumam ser polêmicas. Xodozinho dos vegetarianos, muitas vezes é olhada com muita desconfiança por quem não tem costume de comer. E vamos combinar, fazer um prato molengão e sem gosto não vai fazer ninguém gostar de legume. Tem que ter sabores, textura, “mojo” ;-) Para quem não gosta de berinjela, aqui vai me desafio: tente fazer essa caponata e me diga se não amou. Duvido que não seja paixão à primeira mordida! Caso não curta mesmo, pode vir tirar satisfação comigo. Tento outra receita ou te dou chocolate! rs Para quem já gosta, vai ser nadar de braçada!

Caponata é um prato tradicional da Sicília, na Itália, que conta com várias adaptações ou versões legais. Posto aqui a minha favorita. Pode ser servido puro ou acompanhar arroz, pães e massas.

Ingredientes:

  • 3 berinjelas picadas em cubinhos (não precisa descascar, é só lavar mesmo)
  • 1 cebola picada bem pequena
  • 1 pimentão verde (ou 1 vermelho e 1 amarelo) picado em cubinhos
  • 150g azeitonas (e/ou alcaparras) picadas
  • 200g castanhas de caju torradas e picadas
  • Alho amassado
  • Sal a gosto
  • 2 ramos de manjericão
  • Azeite a gosto
  • 2 colheres de sopa de óleo
  • 50mL vinagre balsâmico

Existe certa polêmica sobre o modo de cozimento da caponata, principalmente quanto à berinjela. Alguns usam o forno, outros a panela. Alguns fritam a berinjela, outros cozinham no vapor. Como sempre, optei pelo método mais simples rs

Comece levando a cebola, alho, óleo e o pimentão a uma panela em fogo médio e deixe dourar.

Junte a berinjela e vá mexendo sempre. Quando tudo estiver cozido (a berinjela vai mudar de cor fica mais escura), junte as azeitonas, as castanhas, o manjericão, azeite e vinagre. Confira o tempero. O sabor é meio adocicado.

Pronto! Pode ser comido quente, morno ou frio mesmo, principalmente com pães. Essa receita serve de 6 a 8 pessoas.

Eggplants tend to be controversial. Dearest to vegetarians, it’s often looked at with distrust by those who are not used to eating it. And let’s face it, making a gooey, tasteless dish won’t make anyone like vegetables. You gotta have taste, texture, “mojo” ;-) For those of you who don’t like eggplants, here goes my challenge: try making this caponata and tell me if you don’t love it. I doubt it won’t be love at first taste! In case you really do not like it, you can come and confront me. I’ll try another dish or give you chocolate! lol For those of you who already like it, you’ll be in heaven!
Caponata is a traditional dish from Sicily, in Italy and comprises various adaptations and nice versions. I’m posting my favorite. It can be served by itself or as a topping for rice, bread or pasta or as a side dish.
Ingredients:
  • 3 eggplants chopped into cubes (you don’t have to peel them)
  • 1 onion chopped into little cubes
  • 1 bell green pepper (or 1 red and 1 yellow) cut into cubes
  • 150g olives (and or capers) chopped
  • 200g cashew nuts toasted and chopped
  • 2 cloves of smashed garlic
  • Salt to taste
  • 2 springs of basil
  • Olive oil to taste
  • 2 tablespoons of oil
  • 50mL of balsamic vinegar
There is some discussion about the cooking method, especially concerning the eggplant. Some use the oven, others use the pan. Some fry the eggplant first and some steam it. As usual, I chose the easiest way ;-)
Start by taking the onion, garlic, oil and pepper to a pan at medium heat and let them get golden. Add the eggplant and stir often. When it’s all cooked (the eggplant will change color, getting slightly darker), add the olives, cashew nuts, basil, olive oil and vinegar. Check the seasoning. There is a mild hint of sweetness.
That’s it! It can be served hot, warm or even cold, especially with bread. This recipe serves 6 to 8 people.

Lasanha de berinjela

Não nasci amando berinjela. Aprendi a duras penas, aliás. Não sei o que dava na cabeça do pessoal lá de casa, mas faziam berinjela e abobrinha cozidas demais, meio sem tempero e sem graça e ainda obrigavam a criança aqui a comer rs. Fiquei com preguiça. Quando um dia caiu a ficha e começaram a variar as receitas, aprendi a gostar da “roxinha”. Hoje em dia, adoro! Tenho umas 5 receitas fáceis pra fazer qualquer pessoa chata de comer apaixonar-se perdidamente por berinjela. Essa aqui é uma delas.

Ingredientes

  • 3 berinjelas
  • 1 1/2 xícaras de molho de tomate
  • 1/2 ricota
  • 1/2 xícara de muçarela picada (ou uma bandeja com fatias)
  • sal com alho
  • ervas (manjericão, salsinha, o que quiser)

Corte as berinjelas em fatias de aproximadamente 1cm. Eu quase nunca tiro a casca da berinjela (na verdade, só tiro quando uso receitas em que coloco-as diretamente no fogo e a ela fica queimada). Caso prefira usar também, corte as beiradinhas em intervalos regulares para facilitar na hora de partir. Assim, ó:

Tempere as berinjelas com alho e sal, esfregando bem. Reserve. É bom fazer isso enquanto o resto da lasanha é preparada, o excesso de água sai e o seu prato não fica boiando.

Se está usando uma muçarela em pedaços, corte em cubinhos ou passe em um ralador. Amasse e tempere a ricota. Usei um pouco de alho e sal e folhinhas de manjericão. Caso a ricota esteja muito sem gosto, coloque um pouco de lemon pepper ou umas gotinhas e shoyu.

Ligue o forno a 180°C.

Prepare o molho de tomate ou use um molho pronto. Dourei uma cebola e cozinhei com dois tomates. Costumo usar uma folha de louro e mostarda em pó.

Comece a montar a lasanha em uma forma pequena. Vá alternando as camadas. É bom começar com o molho, para evitar que a berinjela grude no pirex. Coloque o molho, a berinjela (depois de escorrer o excesso de líquido!), a ricota e a muçarela e vá alternando. Deixe a muçarela por cima, na última camada.

Finalizei com um pouquinho de queijo catupiry que tinha em casa, mas é absolutamente desnecessário. Fica bom, mas deixa a receita menos light ;-)

Leve ao forno por aproximadamente 30′, até que o recheio borbulhe a muçarela comece a dourar.

Voilà! Não é uma gracinha? ;-)

Serve 3 pessoas.