Enchilada de vegetais / Veggie enchilada

* Scroll down for the English version!

Eu adoro comida mexicana. Há anos não como algo bem tradicional, como cactus (sério!), tomatillos ou chiles rellenos feitos com a pimenta poblano. Muitas vezes é difícil de achar os ingredientes certos ou uma receita confiável. Então costumo recorrer à comida texmex ou a variações mais fáceis de adaptar. Enchiladas são tradicionais, mas duvido que essa receita que encontrei seja muito autêntica. Mas é uma delícia e a inspiração mexicana está aí!

Super fácil de fazer e altamente versátil, a enchilada é uma ótima opção pra quem quer aprender a cozinhar e já começar pelos sabores exóticos. Fiquem à vontade para experimentar recheios diferentes. Essa é a parte mais divertida!

Aliás, assei o milho no forno só pra experimentar, mas é mais fácil cozinhar na panela de pressão. Ou usar o de lata, claro ;-)

Ingredientes:

  • 1 abobrinha grande picada em cubinhos (ou duas pequenas)
  • 1 milho cozido debulhado (ou ½ lata de milho verde)
  • 1 pimenta dedo de moça fatiada finamente
  • ½ cebola picada pequena
  • Alho amassado
  • Óleo
  • 1 pitada de cominho em pó
  • 150g de queijo cottage
  • 1 limão
  • 350mL de molho de tomate
  • 3 tortilhas (usei rap10, é só aquecer na frigideira por alguns segundos de cada lado)
  • ½ xícara de muçarela ralada

Ligue o forno a 180°C.

Em uma frigideira, doure a cebola, o alho e a pimenta no óleo. Acrescente a abobrinha e cozinhe por alguns minutos. Não deixe ficar muito macia. Junte o milho e o cominho.

Aqueça as tortilhas e recheie cada uma com uma a mistura de abobrinha e duas colheres de queijo cottage.

Enrole cada uma e arrume-as em uma forma.

Cubra com o molho de tomate e espalhe a muçarela por cima. Leve ao forno por 15’ ou até que o queijo derreta.

As minhas enchiladas quebraram todas, mas que ficaram uma delícia! O queijo cottage quebra o excesso de ardência da pimenta, deixando o prato mais equilibrado.

Sirva com pedaços de limão e folhas de coentro (opcional). Essa receita serve 2 pessoas.

I love Mexican food. It’s been years since I last ate something as traditional as cactus, tomatillos or chiles rellenos. It’s hard to find some ingredients in Brazil and even a trustworthy recipe. So I usually turn to texmex food or some recipes that are just easier to adapt. Enchiladas are quite traditional, but I doubt that this recipe that I found is very authentic. But it’s delicious and the Mexican inspiration is all over!
Super easy to make, the enchilada is a good option for people who want to learn how to cook and try some exotic flavors. Feel free to change the fillings using whatever you want. That’s the best part!
By the way, I roasted the corn as an experiment. But it’s much easier to cook it in a pressure cooker. Or just buy the canned stuff, of course ;-)
Ingredients:
  • 1 large zucchini cut into little cubes
  • 1 husked corn (or ½ a can)
  • 1 chili chopped finely
  • ½ onion chopped very small
  • Smashed garlic
  • Oil
  • 1 pinch of ground cumin
  • 150g of cottage cheese
  • 1 lime
  • 350mL of tomato sauce
  • 3 tortillas
  • ½ cup of shredded mozzarella
Turn the oven at 180°C.
In a pan, cook the onion, garlic and chili in the oil. Add the zucchini and cook for a few minutes. Don’t let it get too soft. Mix in the corn and cumin.
Warm the tortillas and put some of the zucchini mixture on each and add 2 tablespoons of cottage cheese on top.
Roll them and organize them on a trey. Cover with the tomato sauce and spread the mozzarella on top. Take to the oven for 15’ or until the cheese has melted.
My enchiladas broke down, but they were delicious! The cottage cheese cuts down the excessive heat of the chili, making the dish quite balanced.
Serve with lime wedges and coriander leaves (optional). This recipe serves 2 people.
Anúncios

Bolo de abobrinha e chocolate / Chocolate zucchini cake

* Scroll down for the English version!

Lembro da primeira vez em que ouvi falar em bolo ou pão com abobrinha. Minha mãe, que é louca com esse vegetal, me contou que comeu nos EUA há anos atrás e amou! A minha reação inicial foi achar beeem estranho, mas depois que tentei e aprovei, nunca mais parei! Já fiz algumas receitas e são todas surpreendentes e deliciosas! Não sei dizer quanto dos nutrientes permanece depois de assada a massa, mas garanto quanto à textura e gosto ;-)

Esse bolo eu fiz no aniversário da dita progenitora, como homenagem e agrado. Ficou lindo, parecendo um brownie dos mais carregados de manteiga, só por causa da gracinha da abobrinha! Rá!

Essa receita é do blog Chocolate & Zucchini, que aliás, recomendo! Mudei uma coisinha ou outra, mas o geral está lá.

Olha como ficou!

Ingredientes para o bolo:

  • 2 xícaras de farinha
  • ½ xícara de cacau
  • 1 colher de chá de bicarbonato de sódio
  • ½ colher de chá de fermento em pó
  • ½ colher de chá de sal
  • 1 xícara de açúcar mascavo
  • 100g de manteiga sem sal (em temperatura ambiente)
  • 1 colher de chá de extrato de baunilha
  • 1 colher de chá de café solúvel ou 2 colheres de sopa de café (frio)
  • ½ xícara de iogurte grego
  • 3 ovos
  • 2 xícaras de abobrinha ralada (mais ou menos 1 ½ abobrinha)
  • 1 xícara de chocolate meio-amargo picado em pedaços
  • 150g castanhas do Pará torradas e picadas

Ingredientes para a cobertura:

  • 1 caixa (200g) de creme de leite
  • 2 barras (340g) de chocolate meio amargo

Aqueça o forno a 180°C. Unte uma forma de 25cm.

Em uma vasilha, misture a farinha, o cacau, o bicarbonato, o fermento e o sal.

Em outra, junte o açúcar e a manteiga e bata até a consistência ficar mais cremosa. Adicione a baunilha, o café e os ovos, mexendo bem entre cada adição.

Misture a abobrinha, chocolate picado e um terço da farinha, mexendo bem.

Adicione o resto da farinha, as castanhas e o iogurte na massa de ovos (esqueci a castanha, que acabou indo por cima rs. Tolinha). Mexa bem.

Junte a mistura de abobrinha na massa e mexa sem bater. Despeje na forma e passe uma espátula para deixar a superfície lisa.

Asse por 40’-50’, até que um palito de dentes saia limpo do centro do bolo. Espere esfriar um pouco para desenformar.

Enquanto isso, prepare a cobertura. Em uma panela em fogo baixo, junte o chocolate em pedaços e o creme de leite. Mexa sempre e desligue assim que o chocolate derreter.

Cubra o bolo e sirva morno ou em temperatura ambiente (o bacana de servir morno é que os pedaços de chocolate estão derretidos… hmm).

Essa receita serve 12 pessoas muito sortudas!

I remember the fist time I heard about a zucchini cake or bread. My mother, who absolutely loves this vegetable, told me that she had it in the States years ago and loved it! My first reaction was thinking this was really weird, but after I tried and approved it, I never stopped! I’ve made some recipes and they’re all surprising and delicious! I can’t tell about how much of the nutrients survive to the baking process, but I do guarantee about texture and taste ;-)
I made this cake on the said parent’s birthday, as a tribute and endearment. It looked as amazing as a butter-loaded brownie, just because of the dearest zucchini. Yeah!
This recipe comes from the blog Chocolate & Zucchini, which I recommend! I changed a thing or other, but the main thing is here.
Take a look at it!
Ingredients for the cake:
  • 2 cups of flour
  • ½ cup of cacao powder
  • 1 teaspoon of baking soda
  • ½ teaspoon of baking powder
  • ½ teaspoon of salt
  • 1 cup of brown sugar
  • 100g of unsalted butter (at room temperature)
  • 1 teaspoon of granulated coffee or 2 tablespoons of cold coffee
  • ½ cups of greek yogurt
  • 3 eggs
  • 2 cups of shredded zucchini (about 1 ½ zucchini)
  • 1 cup of chopped bittersweet chocolate
  • 150g of brazil nuts (toasted and cut to pieces)
Ingredients for the icing:
  • 200g cream
  • 340g of bittersweet chocolate
Turn on the oven at 180°C. Grease a 25cm baking tin.
In a bowl, mix the flour, the cacao, baking soda, baking powder and salt.
In another bowl, beat the sugar and butter until fluffy. Add the vanilla, the coffee and eggs, mixing well between each addition.
Separately, mix the zucchini, chocolate and a third of the flour. Stir well.
Add the rest of the rest of the flour, the nuts and the yogurt to the egg mixture (I forgot the nuts, which ended up on top of the cake. Silly me).
Combine the zucchini to the mixture without beating it. Pour the batter in the tin and level the surface.
Bake for 40’-50’, until you can dip a toothpick in the center and remove it almost clean. Wait until it cools a bit before you take it of the tin.
Meanwhile, make the icing. On a pan on low heat, add the chocolate and cream and stir. Turn off as soon as the chocolate melts.
Cover the cake and serve it warm or at room temperature (the nice thing about the warm cake is that the chocolate pieces will be melted… yum).
This recipe serves 12 very lucky people!

Salada abobrinha com hortelã, limão e pimenta / Zucchini salad with mint, lime and chili

* Scroll down for the English version!

A minha paixão por comida reflete até no tipo de programa que eu assisto. Minha mãe tem TV a cabo e sempre que eu estou lá de bobeira, procuro os meus cozinheiros favoritos. O “Jamie em casa” era sempre a minha primeira opção, mas hoje em dia o Jamie Oliver tem focado em refeições de 30’ ou 15’. Ele descreve os pratos como bonitos, saudáveis, equilibrados e rápidos, ideais para o dia a dia agitado.

Vou partir uma refeição, já que da última vez o post ficou meio grande. O prato principal vem semana que vem, não percam! Olha tudo junto :-)

Essa salada é surpreendente, elegante, leve e refrescante. E fica pronta em pouquíssimos minutos!

Ingredientes:

  • 400g de abobrinha (as menores que puder)
  • 1 colher de sopa de azeite
  • 1 pimenta dedo de moça
  • ½ maço de hortelã
  • 1 limão (ele usa o siciliano, mas o normal fica bacana também)
  • Sal a gosto
  • Pimenta-do-reino a gosto

Rale as abobrinhas ou use um processador. Coloque um pouco de sal e deixe descansar por alguns minutos. Caso a abobrinha solte muita água, retire um pouco da água passando por uma peneira (mas sem apertar!).

Adicione a pimenta-do-reino, o suco do limão e o azeite. Pique a hortelã e a pimenta dedo de moça bem finas e misture.

Pronto!

Essa receita serve 4 pessoas.

My passion for food reflects even on the kind of TV show that I watch. My mother has cable TV and whenever I’m there and doing nothing, I always look for my favorite chefs. “Jamie at home” was ever my first option, but nowadays Jamie Oliver has been focusing on 30’ and 15’ recipes. He describes the dishes and pretty, healthy, balanced and quick, ideal for the hectic daily life.
I’m going to divide one meal, since last time the post was a bit big. The main dish comes next week, don’t miss it! Look at all of it together :-)
This salad is surprising, elegant, light and refreshing. And it gets ready and just a few minutes!
Ingredients:
  • 400g of zucchini (the smallest that you find or the baby ones)
  • 1 tablespoon of olive oil
  • 1 fresh chili
  • ½ bunch of mint
  • 1 lemon (I used lime)
  • Salt
  • Pepper
Grate the zucchini or use the food processor. Add some salt, and let it rest for a few minutes. If the zucchini releases a lot of water, drain some in a sieve (but don’t press your vegetable!). Add the pepper, lemon juice and olive oil. Chop the mint and chili very finely and mix everything together.
That’s it!
This recipe serves 4 people.

Rolinho de abobrinha e ricota / Zucchini ricotta rolls

* Scroll down for English version!

Aprendi a comer abobrinha crua há poucos anos. Acho que já contei como na minha infância a abobrinha cozida demais e virava aquela coisa amorfa, sem cor, sem textura e com gosto estranho. Irc! Então quando aprendi o seu potencial, comecei a explorar as diversas formas de servir a essa coisinha linda. E não é que ela crua é realmente bacana? Já postei uma receita de algo como “linguine de abobrinha”, o rolinho primavera fresco, uma salada no pote e o sushi, todos sem cozinhá-la. Pode confiar, é bom!

Essa receita é do Gordon Ramsay, mais um chef inglês pra minha lista ;-) Sempre que faço esse prato, fico imaginando ele gritando na minha orelha, falando que eu to fazendo errado. Mas isso só deixa tudo mais divertido rs

Sempre faço como entrada para um prato mais pesado, já que ela é tão levinha. Vamos a ela!

Ingredientes:

  • 4 abobrinhas lavadas e sem as pontas
  • 4 colheres de sopa de azeite (mais um pouco para enfeitar)
  • 4 colheres de sopa de vinagre balsâmico
  • 250g de ricota
  • Suco de 1 limão
  • Sal a gosto
  • 1 punhado de folhas de manjericão picadas
  • 50g de pinoli torrado (usei castanha do Pará, que é mais barata. Pique e torre até dourar)
  • Pimenta-do-reino

Corte fatias das abobrinhas usando um “mandoline”, aquele ralador com uma lâmina só. O início e fim ficarão bem curtos, use-os para outro prato. As fatias para os rolinhos devem ser bem compridas. Faça 24 delas.

Espalhe o azeite e o vinagre em uma superfície e deixe as fatias por cima, marinando por 20’.

Esfarele a ricota e misture com o suco do limão, sal, manjericão e castanhas.

Coloque uma colher de sopa dessa mistura no fim de uma fatia de abobrinha e enrole (fechei cada uma com um palito de dente).

Repita com cada fatia e arrume os rolinhos em um prato. Fica mais bonito com a ricota para cima, mas às vezes é complicado fazer o rolinho ficar em pé. Apoie um no outro, regue com azeite, uma pitada de pimenta-do-reino e pronto! Divirta-se!

Essa receita dá uns 24 rolinhos e serve umas 8 pessoas.

I learned to eat raw zucchinis a few years ago. I think I’ve already mentioned how in my childhood zucchinis were overcooked and turned into that shapeless, colorless and tasteless thing. Ugh! So when I grasped its potential, I started to explore the several ways of serving this beautiful thing. And I can honestly say it’s great when raw! I’ve posted the zucchini linguini, the fresh spring roll, a salad in a jar e and sushi, all using it like this. So trust me, it’s pretty good!
This recipe is Gordon Ramsay’s, another British chef for my list ;-) Whenever I make this dish, I always imagine him screaming at my face, saying that I’m doing it wrong. But that just makes it all even more fun! Lol
I always use this recipe as a starter for a heavier main dish, since it’s very light. So let’s get started!
Ingredients:
  • 4 zucchinis washed and with the tips removed
  • 4 tablespoons of olive oil (and a bit more to drizzle)
  • 4 tablespoons of balsamic vinegar
  • 250g of ricotta cheese
  • Juice of 1 lime or lemon
  • Salt to taste
  • 1 handful of chopped basil leaves
  • 50g of toasted pinoli (I used brazil nuts, which are cheaper around here. Chop and toast them before using)
  • Black pepper
Slice the zucchinis using a mandoline. The first few and last slices will be too short, you can separate them for another dish. You’re going to need long slices for this one. Make about 24 of them. Drizzle olive oil and vinegar on a clean surface and spread the slices on top, leaving them to marinate for about 20’.
Break the ricotta cheese and mix with the lime juice, salt, basil and nuts. Put one tablespoon of this mixture at the end of a zucchini slice and roll (I sealed each one with a toothpick). Repeat this with each slice and arrange the rolls on a plate. It looks nicer with the ricotta showing and the rolls standing up, but it’s not so easy to keep them straight. Lean each one on the next and drizzle with olive oil, sprinkle some ground pepper and that’s it! Have fun!
This recipe makes 24 rolls and serves about 8 people.

Massa com abobrinha, castanha e alho

Minha mãe me ensinou essa receita. Não sei de onde ela tirou, mas sua fama de não saber cozinhar vem mesmo da falta de vontade (lembro que na minha infância meu lanche era sempre pão com queijo, tão grande era sua preguiça de pensar em algo diferente rs). Mas quando ela tenta, dá muito certo! Esse macarrão é uma delícia e super fácil de fazer.

Ingredientes:

  • 500g de massa (escolha a sua! linguine, espaguete, fusile…)
  • 3 abobrinhas
  • 1 xícara de castanhas-do-pará
  • 5 dentes de alho
  • sal a gosto
  • azeite

Ferva a água e deixe o macarrão cozinhando, enquanto prepara os outros ingredientes. A beleza dessa receita é que o tempo de preparar tudo é a conta de tirar a massa do fogo.

Já optei por cortar a abobrinha em palitos e já usei o ralador. Costumo preferir cortar, já que a abobrinha fica mais consistente. Corte-a fininha e passe rapidamente na frigideira com um pouquinho de sal e azeite. Mas se você não é fã e só quer algo verde no prato, recomendo ralar, ela fica bem suave. Coloque um pouco de sal e deixe a água escorrer. Não precisa nem cozinhar.

Pique as castanhas em pedaços pequenos e torre por alguns minutos.

Fatie os dentes de alho e deixe dourar.

Só isso! Retire o macarrão da água e misture com a abobrinha. Sirva com o alho e a castanha, que devem entrar no último minuto, para continuarem crocantes. Reguei com azeite. Muito bom!

Serve 5 pessoas.

Rolinho de primavera fresco com abobrinha, brócolis e molho de amendoim

Depois do último post de rolinho primavera, sobrou um pouco da massa de arroz. Resolvi inovar, ou usar tudo que achei na geladeira.. rs Ficou bom! Usei o mesmo molho de amendoim que fiz  para o Pad Thai, é viciante :-)

Ingredientes:

  • 6 massas de arroz para rolinho primavera
  • 1 maço de brócolis (usei só as flores. Guardei as folhas e talos para um refogado)
  • 1 abobrinha
  • óleo
  • alho e sal

Ingredientes para o molho:

  • óleo
  • 1 tomate picado em cubinhos
  • 1/4 vidro de leite de coco
  • 1 punhado de amendoim torrado e batido
  • shoyu
  • 1 colher de chá de açúcar de açúcar mascavo
  • 1 colher de café de pasta de chili (use pimenta, se não tiver)
  • 1 colher de café de suco de limão

Recomendo começar pelo molho, que é servido frio. Como eu disse, a receita é a mesma usada no Pad Thai, mas vou repetir aqui para facilitar a sua vida ;-) Coloque os tomates em uma frigideira com um pouco de óleo quente e deixe que eles derretam. Se usar a pasta de chili, coloque em um canto da frigideira e mexa até desfazer. Adicione o limão, o açúcar, o amendoim, o shoyu e o leite de coco e cozinhe até ferver. Reserve.

Para o rolinho, comece picando as flores do brócolis e refogue-as com um pouco de alho e sal.

Corte a abobrinha em palitos finos, sem usar muito das sementes. O ideal é deixar os pedaços bem fininhos, já que não precisa cozinhar.

Passe um pouco de alho e sal na a abobrinha. Aqueça um pouco de água em uma frigideira. Passe cada massa pela água por alguns segundos, para que amoleça, mas sem começar a rasgar. Junte os ingredientes para começar a montar os rolinhos. Coloque a massa em uma superfície e o recheio na parte de cima.

Dobre as laterais para cobrir a parte do meio.

Enrole em direção à ponta que sobrou. Pressione para vedar bem, tomando cuidado para não deixar o recheio sair.

Pronto! Só mergulhar no molho!

Serve uma pessoa gulosa!

Salada de abobrinha com pesto e tomate

Achei essa receita por acaso, vasculhando a internet. Sou louca com molho pesto, mas como ele costuma acompanhar massas, eu evito comer com frequência. Não acreditei quando vi que a receita era simplesmente abobrinha crua e ralada! O que pode deixar a sua consciência mais leve?! Eba! :-D

Se você já torceu o nariz quando eu disse abobrinha crua, me dê uma chance. Eu também tinha dúvidas, mas desde que experimentei pela primeira vez, nunca mais parei de usar! Cortada fininha, ela fica tenra e suave. E ainda mais com o molho pesto, a última coisa que você vai sentir é o gosto de abobrinha. Se é que isso é vantagem.. rs

Ingredientes:

  • 2 abobrinhas italianas
  • 2 tomates picados em cubos
  • aprox. 5 ramos de manjericão
  • 1/4 de xícara de nozes, castanhas, o que tiver do tipo. Não é todo mundo que pode pagar pinoles, né? ;-)
  • um punhado de sementes de girassol
  • azeite
  • suco de 1/2 limão
  • 2 dentes de alho amassados
  • sal
  • 50g de queijo parmesão ralado

Mudei um pouco a receita de acordo com o que tinha em casa. E acrescentei o queijo, simplesmente não consegui abrir mão!

Rale as abobrinhas no comprimento, como se fosse fazer um macarrão linguine.

Pique os tomates e misture com as abobrinhas. Tempere com um pouco de sal. Depois de um tempo, escorra a água. Tanto o tomate quanto a abobrinha soltam muito líquido, principalmente depois de salgados.

Junte as castanhas ou nozes em um pilão ou liquidificador e bata. Acrescente o azeite, o alho, sal e limão. O manjericão não deve entrar no início, ou começa a escurecer. Misture bem com o parmesão.

Junte o molho com as abobrinhas e tomates.

Salpique as sementes de girassol por cima. Essa receita é bem leve e pode ser usada como entrada e complemento em porções menores. A quantidade que usei serve como prato principal para 2 pessoas.

Frittata de abobrinha

Aprendi essa receita com uma amiga minha que tem um blog muito massa sobre alimentação e saúde. Já li muita coisa bacana e comecei a pensar em formas de transformar meu próprio estilo de vida em um mais saudável. Vale à pena conferir!

Frittata é quase uma omelete, com algumas diferenças nos ingredientes, forma de cozimento e modo de servir. A primeira que comi na vida levava queijo de cabra (que quase me faz chorar, de tão delicioso). Maravilha, mas absolutamente difícil de achar no Brasil e muito menos em conta. A receita de hoje, entretanto, leva ingredientes que fáceis de achar e que formam uma combinação perfeita! Mudei umas coisinhas, só por ser preguiçosa! rs

Ingredientes:

  • 2 ovos
  • 1 abobrinha
  • 1 tomate (ou 7 tomates-cereja)
  • 1/4 cebola
  • 3 colheres de sopa de parmesão ralado
  • folhas de manjericão
  • sal com alho
  • manteiga para untar a forma

Mexa bem os ovos, para unir a clara e a gema. Adicione uma pitada de sal. Corte a abobrinha em palitos e passe um pouco de sal com alho em cada uma. Corte a cebola, o tomate e o manjericão, junte com o parmesão e adicione tudo aos ovos. Misture bem.

Despeje a mistura em uma forma untada com manteiga e leve ao forno por 10 minutos (aproximadamente 200 graus). Quando estiver pronto, a parte de cima vai começar a dourar.

A primeira foto não ficou boa, tive que usar o celular. Mas dá pra dar uma ideia. Fica ótimo com uma salada!

Essa aqui eu fiz um tempo depois, num dia lindo quando consegui queijo de cabra :-D Mas se não encontrar, você pode usar um pouco de queijo cottage, fica uma delícia, também!

Serve 2 pessoas ou uma esfomeada ;-)

Abobrinha com gorgonzola, pera e nozes

A combinação de gorgonzola, pera (ou maçã) e nozes é clássica. Excelente para saladas, risotos, massas, etc. Usei dessa vez para rechear as queridas abobrinhas, base da minha alimentação :-)

Ingredientes:

  • 3 abobrinhas
  • 150g de gorgonzola picado
  • 1 pera picada (use uma bem madura, já que o gorgonzola é bem forte. Ou use maçãs, que costumam ser mais doces)
  • 50g nozes picadas
  • sal a gosto

Corte as abobrinhas ao meio e retire a parte da semente com uma colher ou faca. Deixe aproximadamente 1cm da abobrinha inteira.

Passe um pouco de sal e leve ao forno por alguns minutos. Confira com um garfo se a abobrinha está cozida. Retire do forno e acrescente o gorgonzola, a pera e as nozes.

Volte ao forno e deixe que o queijo derreta. Simples assim!

Serve 3 pessoas.

Lasanha de abobrinha

Essa receita é um sucesso aqui em casa. Quem inventou foi a Maria, amigona que mora comigo. Ela adaptou um molho da Nigella e usa para lasanha e massas em geral. Costuma agradar bem e é muito fácil e rápido de fazer.

Ingredientes:

  • 4 abobrinhas italianas
  • 1 lata de creme de leite
  • 1 1/2 saquinho de queijo parmesão (se puder ralar um queijo de qualidade na hora, fica ainda melhor. use aproximadamente 1 xícara)
  • 1 limão
  • 1 ovo
  • 1 bandeja muçarela fatiada (aproximadamente 250g)
  • alho e sal
 

Ingredientes do molho

Corte as abobrinhas em fatias de aproximadamente 0,5cm e espalhe alho amassado com sal em cada uma. Não é necessário cozinhar as abobrinhas antes, elas podem ir para o forno cruas. O único problema é que soltam bastante líquido. Uma boa dica é passar um pouquinho de sal em cada fatia e deixá-las descansar por pelo menos 15′ antes de começar a montar o prato, para que percam parte da água. Não usei massa para lasanha, mas funciona bem alternando com camadas de abobrinha.

Abobrinha fatiada

Para o molho, junte o creme de leite, ovo, queijo e suco do limão e misture bem. A consistência não é lá das mais bonitas, já que o creme de leite muda de textura quanto junta com o limão. Mas funciona e muito bem!

Molho

Faça camadas de abobrinha, molho e muçarela. Leve ao forno médio por aproximadamente 25 minutos. A abobrinha deve estar macia, e a muçarela, gratinada.

Lasanha pronta!

Dessa vez servimos com arroz e vagem. A Maria passou a vagem na frigideira com alho e sal até dar uma tostadinha. Colocou também castanha do pará triturada e um molho de coalhada com cardamomo. Uma delícia!

Prato feito

Serve 4 pessoas.