Nhoque ao forno / Gnocchi al forno

* Scroll down for English version!

Nhoque me lembra a minha infância… Como já mencionei algumas vezes, sou descendente de italianos, então os meus domingos eram passados na casa das minhas tias comendo massa :-) Depois de um passeio pelo parque andando nos pedalinhos ou uma visita infernal à feira de artesanato no centro (que criança gosta de fazer compras??), eu, minha mãe e irmão íamos sempre à casa das minhas tias esperar o almoço. Quando o prato principal era nhoque, isso significava que tínhamos uma tarefa: passar o garfo nas massinhas, para deixar aquelas reentrâncias e fazer espaço para o molho. Cada um de nós fazia sua parte e esperava ansiosamente ver cada nhoquezinho subir na água fervente. Sério, é muito mágico!

Vi essa receita do Gennaro Contaldo há algum tempo e gostei muito. Depois de suspirar e gemer vendo o vídeo algumas vezes, decidi botar a mão na massa e testar! Acho que nunca comi tanto. O nhoque na manteiga com sálvia já é divino. Na verdade, provei poucas coisas mais deliciosas na minha vida. Caso queiram algo um pouco menos pesado, parem por aí. Mas se vocês não estão preocupados com isso, invistam nos queijos. O Gennaro usa um queijo do norte da Itália chamado fontina. Como vocês podem imaginar, não encontrei. Procurei na internet dicas de como substituir e a melhor que eu achei mandou usar gruyere com parmesão, leite e umas gotas de vinagre. Segue então a receita com a minha adaptação. Aliás, não se preocupem com a quantidade nas fotos. Eu dobrei tudo! rs

Divirtam-se!

Ingredientes para o nhoque:

  • 1kg de batatas cozidas (use o microondas ou deixe ferver em água por aproximadamente 20’)
  • 1 pitada de sal
  • 1 pitada de pimenta do reino
  • 1 gema de ovo
  • 300g de farinha de trigo (mais um pouco de farinha para enrolar)

Ingredientes para o molho

  • 50g de manteiga
  • 3 ramos de sálvia
  • 100g de queijo gruyere ralado
  • 100g de queijo parmesão ralado
  • 100mL de creme de leite
  • 1 colher de chá de vinagre

Comece colocando uma panela grande com água e sal para ferver. Isso demora bastante e vai adiantar a sua vida. Deixe também o forno em temperatura alta.

Esprema as batatas. O Gennaro diz que é essencial usar aquele amassador com furinhos. Aliás, na receita ele conseguiu usar muito menos farinha que eu. Acho que as minhas batatas ficaram úmidas e precisei de mais farinha que o necessário. Então sugiro cozinhar as batatas no microondas. Espete com um garfo para saber se estão cozidas. Quanto menos farinha usar, melhor, então caso consiga formar a massa com menos do que eu sugeri, vá em frente!

Acrescente uma pitada de sal, outra de pimenta do reino e a gema do ovo. Junte a farinha aos poucos até que massa comece a desgrudar da superfície. Uma dica bacana pra saber se a consistência está boa é fazer uma bolinha e jogar na água fervente. Confira se ela vem à superfície e se gosto está bom.

Cubra uma superfície limpa com farinha e trabalhe em cima dela. Retire partes da massa e forme rolinhos de aproximadamente 2cm de diâmetro. Corte pedaços de uns 3cm. Caso queira, passe o garfo ou enrole até formar bolinhas.

Separe cada uma com farinha e plástico-filme, para que não grudem até a hora de cozinhar.

Em uma frigideira grande, derreta a manteiga e junte a sálvia. Em outro recipiente, junte o creme de leite, o vinagre e os queijos.

Leve os nhoques à água fervente até que subam à superfície. Isso acontece rapidamente, então esteja com uma escumadeira à mão para retirá-los. É melhor fazer isso por partes. Se você colocar tudo de uma vez na panela, eles vão começar a grudar.

Coloque os nhoques prontos na frigideira e mexa até dourar um pouco. Transfira a um pirex ou tabuleiro e alterne camadas de nhoque e o creme de queijo.

Leve ao forno até que o topo esteja dourado.

Essa receita serve 4 pessoas afortunadas!

Gnocchi reminds me of my childhood. I’ve mentioned before that part of my family is Italian, so my Sundays were spent at my aunts’ house eating pasta :-) After paddle boat ride or a horrible visit to a craft fair (who likes to go shopping when they’re kids??), me, my mum and brother would go to my aunts’ and wait for lunch. Whenever the main dish was gnocchi, that meant that we had a role: to roll the dumplings in the fork, making marks that would leave space for the sauce. Each of us would do our part and wait anxiously while each dumpling would go up in the boiling water. Seriously, it’s pure magic!
I watched this recipe by Gennaro Contaldo some time ago and really liked it. After some sighs and moans watching the video, I decided to go for it and give it a try. I think I never ate that much. The gnocchi in the butter with sage is already divine. I mean it, I think it’s one of the most delicious things I’ve ever tasted. So if you want something a little less heavy, you can stop on that part. But if you’re not worried about that, invest on the cheese. Gennaro uses a cheese from Northern Italy called fontina. I couldn’t find it, so I went online and looked for a replacement. The best tip I got told me to use gruyere with parmesan, milk and drops of vinegar. So here goes the recipe with a few changes. By the way, don’t worry about the amount of ingredients on the pictures. I doubled the recipe.
Have fun!
Ingredients for the gnocchi:
  • 1kg of cooked potatoes (use the microwave of boil for about 20’)
  • 1 pinch of salt
  • 1 pinch of pepper
  • 1 egg yolk
  • 300g of flour (and a little more for rolling the dough)
Ingredients for the sauce
  • 50g of butter
  • 3 springs of sage
  • 100g of grated gruyere cheese
  • 100g of grated parmesan cheese
  • 100mL of cream
  • 1 tea spoon of vinegar
Start by boiling water and salt in a big pan. This will take some time, so doing it in advance will make things faster. Also turn the oven on at a high temperature.
Squeeze the potatoes with a potato ricer. Gennaro says this is essential. By the way, in the original recipe he uses way less flour than I do. I think my potatoes got humid, so I needed some more. So I suggest that you use the microwave. Poke them with a fork to know if they’re cooked. The less flour you use, the better. So if you can use less than I did, go for it!
Mix with a pinch of salt, a pinch of pepper and the egg yolk. Add the flour little by little until the dough starts getting loose from the plate. A good tip to know if the consistency is ok is to make a little ball and put it in the boiling water. Check if it comes up to the surface and if the taste is good.
Cover a clean surface with flour and work on it. Remove parts of the dough and make rolls of about 2cm of diameter. Cut in pieces of about 3cm. If you want, slide the fork on each dumpling or roll them round. Spread them on cling wrap covered with flour, so they won’t stick until it’s time to cook.
In a big frying pan, melt the butter and add the sage. In a bowl, mix the cream, vinegar and cheese.
Take the gnocchi to the boiling water and remove them once they emerge. That happens quite fast, so have your skimmer ready to fish them out. Take your time to put the dumplings in the water. If you put all of them together, they’ll start to stick to each other.
Put the cooked gnocchi on the frying pan and mix until a bit golden. Transfer them to a tray and alternate layers of gnocchi and the cheese cream.
Take it to the oven and bake until the top is golden.
This recipe serves 4 blessed people!
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s